Tag: Batman
critica-filme-liga-da-justica

Não dá para salvar o mundo sozinho. Um lema que também se aplica ao universo da DC Comics no cinema. Depois de fracassar com “Batman Vs. Superman: A Origem da Justiça” e perceber o quanto “Mulher-Maravilha” se diverge dos filmes anteriores do estúdio e agrada tanto à critica quanto ao público, o diretor Zack Snyder pareceu entender que estava na hora de mudar as regras do jogo em “Liga da Justiça“. Mesmo que quase tarde demais.

E para isso, ele não trabalhou sozinho. Contou com a ajuda do já experiente Joss Whedon, que de acordo com declarações do produtor Charles Roven, regravou cerca de 20% do longa. Não dá para salvar uma franquia sem contar com uma ajudinha, né? E neste caso, fez toda a diferença!

Liga da Justiça” é mais um acerto da DC Comics, mas nem de longe o resultado é tão consistente quanto “Mulher-Maravilha”, lançado em junho deste ano. A primeira parte da projeção acaba incomodando por seu ritmo mais acelerado e sua aparente bagunça ao introduzir os novos integrantes do time de super-heróis. Ao optar pela estratégia de lançar o filme da Liga antes de apresentar o Flash, o Aquaman e o Ciborgue ao grande público, Znyder aceitou o risco de parecer apressado demais ao contar a história de cada um deles. Sem o apoio de uma boa edição, definitivamente foi um dos grandes erros do longa.

O vilão também surge de forma apressada, sem muitos rodeios e até mesmo explicação plausível. Enquanto ainda conhecemos os novos heróis, o Lobo da Estepe já reunia seu exército de “insetos” estranhos e mal feitos para recuperar as caixas maternas. O mundo sem o Superman, que até então continua morto e enterrado, fica mais suscetível aos ataques do Lobo e seus aliados, que são atraídos pelo medo da população desamparada.

critica-filme-liga-da-justica2

Quando a Liga da Justiça finalmente entra em ação, podemos conhecer melhor os novos personagens e reencontrar outros rostos já conhecidos. Bruce está mais Bruce do que nunca e até mais engraçado. Por incrível que pareça, ele também é um dos responsáveis pelo alívio cômico. E pela situação inusitada, já que sempre o vimos como uma figura mais séria, acaba tornando-se realmente engraçado. A nossa Diana também está de volta, e apesar de não parecer tão feminista e empoderada quanto no filme lançado em junho (isso se deve principalmente ao trabalho de direção de Snyder, que insiste em sexualizar as mulheres nos longas de ação), assume seu papel de liderança ao tentar reunir os heróis para salvar o mundo.

O novato Flash, interpretado pelo maravilhoso Ezra Miller, está do jeito que já imaginávamos. Ele é o próprio alívio cômico e se todas as suas piadas dão certo ou não, depende de cada espectador. O que às vezes funcionava para muitos na sala de cinema, não tinha o mesmo efeito sobre mim. O Aquaman, interpretado por Jason Momoa, não tem o mesmo tempo de tela que o Flash, por exemplo, mas também não decepciona. Seu estilo peculiar e mais grosseirão faz um ótimo contraponto às outras personagens. Ele é sério demais para ser engraçado e engraçado demais para ser sério. Entenda como quiser! E por último, o Ciborgue, interpretado por Ray Fisher, que sofreu com a quantidade excessiva de informações em sua apresentação, mas conseguiu dar a volta por cima ao ser uma das peças fundamentais na luta contra o Lobo.

E o Superman? Sim, ele está lá e é um dos responsáveis pela reviravolta que “Liga da Justiça” tem aos 45 minutos do segundo tempo. Ao trazer a personagem de volta, a história dá um upgrade e nos faz imergir em um universo divertido, interessante e nos deixa com gostinho de quero mais para os próximos filmes. Finalmente temos o bom e velho Superman em cena, com toda sua grandiosidade tão característica de uma personagem tão antiga e respeitada. Ele é o maior herói de todos e finalmente fez valer o seu título. Sua chegada influencia diretamente todos os heróis, e até mesmo a Mulher-Maravilha muda de posição, assumindo de uma vez por todas a sua liderança.

critica-filme-liga-da-justica3

A Liga da Justiça finalmente reunida nos faz lembrar as clássicas animações do time, nos levando a um sentimento de nostalgia. Se no início a quantidade de informações incomodava, agora tudo fica mais leve, divertido e empolgante. E você se pergunta: “por que não foi assim desde o começo?“.

Não sabemos até que ponto a entrada de Jossh Whedon influenciou diretamente no resultado do longa, mas é perceptível a mudança de tom do primeiro para o segundo ato, ou pós-retorno do Superman. É perceptível também a tentativa de mudança no ritmo, tentando ficar mais parecido com o que vimos em “Mulher-Maravilha“, o que tornou-se bastante satisfatório para a narrativa. O resultado final acaba agradando, nos fazendo esquecer a primeira impressão bagunçada. Nos deixou com um gostinho de quero mais e com a esperança mais do que viva no universo compartilhado da DC Comics do cinema.

ben-affleck-e-confirmado-como-diretor-do-novo-filme-solo-do-batman

Em julho do ano passado tinha comentado por aqui sobre a possibilidade do Ben Affleck escrever, dirigir e protagonizar o novo filme solo do Batman. Alguns meses depois, eis que a Warner Bros. finalmente confirmou o novo intérprete do Morcegão na cadeira de diretor. Isso que é moral, não é?

Como já sabemos que o cara tem muito talento para a direção e, depois de várias críticas positivas para a sua atuação em “Batman Vs. Superman: A Origem da Justiça“, ficou ainda mais fácil defender esse novo cargo. A confirmação foi feita ontem, dia 12, pelo CEO do estúdio, Kevin Tsujihara, durante painel na CinemaCon 2016.

Atualmente o ator está concentrado nas filmagens de “Liga da Justiça – Parte 1“, que deve chegar aos cinemas em 2017. Affleck se junta ao companheiros da Liga da Justiça: Henry Cavill como Superman, Gal Gadot como Mulher Maravilha, Jason Momoa como Aquaman, Ray Fisher como Cyborg, e Ezra Miller, The Flash. O elenco também conta com Amber Heard, que vai interpretar a Rainha Mera. Os fãs esperavam que ela fosse aparecer apenas no filme solo do Aquaman, mas como a ideia é fazer um universo interligado, assim como a Marvel, faz todo sentido sua primeira aparição na reunião dos super-heróis. JK Simmons também está confirmado no papel Comissário Gordon.

O primeiro filme da Liga da Justiça é dirigido por Zack Snyder e estreia dia 12 de novembro de 2017. Já a próxima aventura solo do Batman não ganhou data de estreia.

ben-affleck-vai-escrever-dirigir-e-estrelar-o-proximo-filme-do-batman

No dia 24 do mês passado, o site Latino Review revelou que a Warner Bros. estaria planejando fazer um filme solo do Batman com Ben Affleck como protagonista e DIRETOR!

Ontem, 9, poucos dias antes do painel de “Batman Vs. Superman: A Origem da Justiça” na Comic-Con 2015, o site Deadline confirmou o que antes era apenas um rumor e deixou escapar que Affleck também estará diretamente envolvido com o roteiro, trabalhando ao lado de Geoff Johns.

Inicialmente, o rumo apontava Chris Terrio, que escreveu o filme “Argo” (Vencedor de Melhor Filme no Oscar), como roteirista de “A Liga Da Justiça” e “The Batman”, mas parece que teremos Affleck se arriscando em mais um projeto. O cara pode, né?

+ Veja mais informações sobre o filme aqui.

O novo filme solo do Batman tem previsão de estreia para 2018. Vamos aguardar mais informações neste sábado, durante o painel da Warner/DC em San Diego.

novas-imagens-em-boa-qualidade-do-filme-batman-vs-superman

Estamos na semana da Comic-Con de San Diego, o maior evento nerd do mundo. E no sábado, a Warner Bros. e a DC Comics prometem ~quebrar a internet com novidades de suas próximas produções, incluindo “Batman Vs. Superman: A Origem da Justiça” e “Esquadrão Suicida“.

Semana passada, fomos surpreendidos com a capa especial da revista EW, que trouxe os astros Ben Affleck, Gal Gadot e Henry Cavill. De quebra, ganhamos as primeiras imagens do grande embate entre dois dos maiores heróis da DC, porém, em baixa resolução.

Mas isso não é mais problema! Com a proximidade da grande “festa nerd”, todas as imagens foram liberadas em altíssima resolução, nos dando um gostinho ainda mais especial do que está por vir no sábado. Se ainda não sangrou, VAI SANGRAR!

Veja tudo abaixo:

batman-vs-superman-ew-pics-1

batman-vs-superman-ew-pics-2

batman-vs-superman-ew-pics-3

batman-vs-superman-ew-pics-4

batman-vs-superman-ew

Vejo essas fotos e só consigo pensar: “MEU DEUS DO CÉU, CADÊ SÁBADO QUE NÃO CHEGA LOGO?“.

E por falar em “Batman Vs. Superman“, o ator Henry Cavill, que como você sabe, interpreta o nosso Superman, andou dando algumas declarações sobre a suposta continuação de “O Homem de Aço“, lançado em 2013.

Tem muita gente que acha que esse novo filme é uma continuação direta do primeiro longa do filho de Krypton, mas não, meus amigos, não é uma continuação! E quem disse isso foi o próprio homem de aço, aka Henry Cavill. E se o cara disse então tá dito, certo?

“Não é uma sequência de “Superman: O Homem de Aço”, é uma introdução do Batman, e o início para a Liga da Justiça. É uma expansão do mundo criado em O Homem de Aço”, revela Cavill em entrevista à EW! “Nós teremos tempo para fazer a sequência de Superman. Ele é um personagem complicado para se contar histórias. As pessoas preferem mais o Cavaleiro das Trevas. Acho que oBatman tem um diálogo mais profundo com a psiquê humana do que um Deus Divino. Assim que o Universo Cinematográfico da DC Comics estiver em ação, poderemos dar continuidade às histórias do Superman”.

E já que o Henry falou sobre o Universo Cinematográfico da DC Comics, não custa nada relembrar o calendário de estreias dos filmes de super-heróis até 2020. Como dá para ver, não tem nada confirmado para o Superman. Vai demorar um pouco ainda!

calendário-dos-filmes-da-dc-comics

Fiquem ligados aqui no blog para mais novidades!

Batman Vs. Superman: A Origem da Justiça” estreia dia 28 de março de 2016.

primeiras-imagens-de-batman-vs-superman-a-origem-da-justica

O que não falta é motivos para contarmos os dias e as horas para a estreia de “Batman Vs Superman: A Origem da Justiça“.

Além de ser o pontapé que a DC Comics estava precisando para dar início (agora de verdade) ao seu universo compartilhado, é o ponto de encontro de vários heróis lendários, que estão no nosso imaginário há muitos e muitos anos. Não basta colocar o Superman em cena, tem que chamar o Batman e de quebra convidar a Mulher-Maravilha. Mas será que tem espaço para uma pontinha do Aquaman e do Flash?

E como todo filme super aguardado, todo mundo quer saber mais detalhes, conferir vídeos, clipes, imagens, cenas dos bastidores… O que for! Todos os fãs, principalmente os fãs de quadrinhos, querem ficar por dentro do que está acontecendo. Afinal, fazer a contagem regressiva com muitas novidades é muito melhor, né? Esperar até 2016 não está fácil!

Eis a capa especial:

capa-revista-ew-batman-vs-superman

E para atender as preces de todos que estão super-mega-power ansiosos, a Warner Bros. e a DC Comics estão preparando muitas surpresas para a Comic-Con 2015, em San Diego, que acontece em julho deste ano. E para começar o esquenta, a revista Entertainment Weekly revelou sua nova capa que traz as estrelas do longa: Henry Cavill, Ben Affleck e Mel Gadot. Além disso, temos também as primeiras imagens e algumas surpresinhas. (Isso é só uma prévia do que vai rolar por lá)

Veja as imagens (ainda em baixa resolução):

comiccon-ew-batman-superman

– Esses três ficaram ótimos juntos e que poder da Mulher-Maravilha de ficar logo no meio desses dois mitos, né? Certeza que a Gal Gadot vai arrasar muito nesse filme.

comiccon-ew-batman-superman2

– Para Ben Affleck, a foto acima representa duas pessoas que escondem suas verdadeiras personalidades e que acham que seus segredos estão bem escondidos. Nem tudo é o que parece, né? Até me lembrou um pouco da relação de Bruce com Selina Kyle, a Mulher-Gato, em “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge”.

comiccon-ew-batman-superman3

– “Alguém me chamou?

comiccon-ew-batman-superman4

– Para Henry Cavill, “O Homem de Aço” representa o mundo na perspectiva de Clark Kent. Já “Batman Vs. Superman” conheceremos a perspectiva do Superman na visão do mundo. E isso é o que vai tornar tudo mais interessante.

comiccon-ew-batman-superman5

– E o Lex Luthor de cabelão? Isso é que é um grande contraste! Se essa cena não se tratar de um flashback, provavelmente conheceremos a causa da perda de cabelo do super vilão interpretado por Jesse Eisenberg.

comiccon-ew-batman-superman6

Enquanto isso nos bastidores…

Dirigido por Zack Snyder, “Batman Vs. Superman: A Origem da Justiça” estreia dia 28 de março de 2016.

batman-pode-ganhar-um-filme-solo-em-2018-com-direcao-de-ben-affleck

O site Latino Review revelou hoje, 24, que a Warner Bros. planeja fazer um filme solo do Batman para 2018 com Ben Affleck como protagonista e o mais surpreendente… Como DIRETOR!

Antes de mais nada, preciso dizer que um filme solo do herói é mais do que necessário e foi até estranho não vê-lo entre as próximas produções do estúdio. Por mais que “Batman Vs Superman: A Origem da Justiça” faça uma “introdução” do personagem neste universo compartilhado, o Morcegão precisa de um longa só dele, né? É um dos personagens mais famosos da DC Comics e um dos mais queridos por todos os fãs de quadrinhos, independente de “fã clube” ou coisa do tipo.

E como não ficar empolgado com a possibilidade de Affleck assumir a direção? Depois do seu bom desempenho em “Argo” (vencedor do Oscar de Melhor Filme em 2013), ficou mais do que claro que ele tem sim condições de assumir a direção de qualquer trabalho. Talento é o que não falta!

Agora voltando a falar sobre o longa, ainda de acordo com a publicação, o mesmo deve se chamar “The Batman” e deve ter roteiro de Chris Terrio, um dos parceiros de Affleck em “Argo” e  o mesmo que escreveu “Batman vs Superman: A Origem da Justiça”, com estreia prevista para março de 2016. Ele também está cotado para escrever os dois filmes da Liga da Justiça. O cara é bom, né?

Agora vem cá, será que o ator terá condições de estrelar tantos filmes (vale lembrar que ele estará na Liga da Justiça”) e ao mesmo tempo idealizar uma franquia para o Batman? Tem que ver isso aí, hein! Vamos torcer que esse boato seja confirmado e que os estúdios encontrem uma solução para que tudo seja feito da melhor forma possível.

12