the-blacklist

the-blacklist

Todo ano a Fall Season traz no mínimo uma dezena de novas séries. Algumas conquistam pelo seu trailer ou pelo elenco, o que acaba engordando a lista dos viciados em séries. No caso da mais nova série da NBC, The Blacklist, sua chamada de apresentação foi o que mais chamou minha atenção. E em seguida, pela presença do ator James Spader (Raymond “Red” Reddington), com uma atuação tão boa que chega até a ser irritante.

Confira o trailer:

A série segue o seguinte enredo: Raymond é um dos 4 fugitivos mais procurados do FBI. Em uma certa manhã, ele se dirige a sede do departamento e se entrega. Ele então afirma que compartilha do mesmo interesse, isto é, livrar-se de criminosos e terroristas perigosos. Porém, para cooperar, ele só aceita falar com Elizabeth Keen (Megan Boone), uma agente novata (responsável por traçar perfil de criminosos). Depois que o FBI derruba o primeiro criminoso de peso, com as informações e ajuda concedida por Raymond, ele revela que este é apenas o primeiro de muitos e que nas últimas duas décadas, fez uma lista de criminosos e terroristas que eles não sabem e/ou suspeitam que existe. Então, Raymond a chama de “The Blacklist”.

Sua estreia nos EUA ocorreu no dia 23 de setembro e após a exibição do segundo episodio, a audiência foi tão positiva que a emissora NBC encomendou a temporada completa (22 episódios). Os seriadores brasileiros estão podendo acompanhar a série desde o último dia 2 pelo canal Sony. Por que assistir? A inteligência de Raymond (e a atuação de James Spader), o jeito enigmático misturado com os traumas do passado da agente Elizabeth Keen e a obsessão/interesse de Raymond por ela (chamada carinhosamente de Lizzy), faz a gente querer o próximo episódio para ontem.

A série ainda é nova, mas já recebe muitos comentários positivos (sua página oficial no facebook não para de crescer).

Exibição: às segundas-feiras nos EUA e às terças-feiras, às 21h, no Canal Sony.

Livania Lima
@livania

Postado por Colaboradores Papo de Blogueiro