oscar-lana-del-rey-young-and-beautiful

oscar-lana-del-rey-young-and-beautiful

As nomeações ao Oscar já começaram, assim como as expectativas do público para ver quem leva a estatueta. Essa semana, “Young and Beautiful“, música de Lana Del ReyRick Nowels para a trilha sonora de O Grande Gatsby, de Baz Luhrmann, foi vítima de sabotagem e quase não entrava na lista de concorrentes ao Oscar na categoria “Melhor Canção Original“.

O que realmente aconteceu? Um envelope anônimo foi direcionado aos membros do comitê de seleção da Academia, com um artigo online, da música concorrente ao Grammy, “Young and Beautiful”, sendo desqualificada devido a um problema técnico que envolvia a mudança na data da estreia de O Grande Gatsby. A carta ainda estava com o logotipo da Variety impresso no artigo que foi enviado, porém, a Warner Bros. checou tudo e desmentiu tal ocorrido, que nenhum artigo foi publicado e que estava tudo certo para a canção ser elegível ao prêmio.

E para acabar com a vidas das inimigas garantir que tudo vai dar certo, a Warner resolveu lançar um curta da colaboração de Lana com o diretor  Luhrmann, promovendo a canção ao Oscar, onde, no filme, a música começa na cena em que Daisy (Carey Mulligan) conhece a mansão de Gatsby (Leonardo DiCaprio), logo após que eles se reencontram:

Também estão na Trilha do longa, “Together“, do the xx, “Over the Love“, da Florence + the Machine e “A Little Party Never Killed Nobody (All We Got)“, colaboração entre Fergie, Q-Tip, e GoonRock, entre outras com Jay-Z e Beyoncé.

Confira o clipe de Young and Beautiful e o curta Tropico, que foi recentemente lançado por Lana Del Rey:

Por: Gabriel Diniz

Postado por Colaboradores Papo de Blogueiro