novo-album-selvagens-a-procura-de-lei

A banda cearense Selvagens à Procura de Lei vem à Fortaleza para o tão aguardado show de lançamento do novo álbum. Vale lembrar que este foi o primeiro trabalho a ser lançado nacionalmente, com o selo da Universal Music. Rafael Martins (voz/guitarra) conversou com o Papo de Blogueiro sobre a atual fase do grupo. Confira a pequena entrevista abaixo!

Papo de Blogueiro: Por que “Selvagens à Procura de Lei”? De onde surgiu a inspiração para criar o nome da banda?

Rafael Martins: O Gabriel já vinha com o nome Selvagens na cabeça há algum tempo, mas como já existia uma banda nos anos 80 ou 60 com esse nome, o “à Procura de Lei” veio depois de uma aula na faculdade. Seu professor de Sociologia disse que ali, todos éramos selvagens procurando por uma lei. Meio que de forma descompromissada, acabou dando uma luz para o que virou o nome da banda.

PB: Qual a expectativa para o lançamento do novo álbum? Qual a relação do primeiro trabalho com esse segundo?

RM: A maior expectativa talvez seja a relevância nacional que esse disco vai ter. Com o “Aprendendo a Mentir” (2011), as coisas funcionavam muito partindo da nossa organização. Deves saber que quando só tem você e seus amigos acreditando em um sonho, somente quem está fazendo parte disso tudo é que vai poder tocar o barco. No nosso caso, a gente sempre foi bem focado no que queríamos. Um dos focos era atingir uma grande gravadora para ajudar nesse processo de divulgação, que é um dos desafios para uma banda independente. Músicas sempre fizemos e sempre vamos fazer. Sempre tivemos uma boa visão empresarial pra cuidar das burocracias, shows e do marketing da banda. Agora… a distribuição requer muitos contatos e verbas que facilitam e aceleram o processo. A Universal é a nossa casa e acreditamos bastante no trabalho deles com a gente.

Já comparando os dois álbuns, posso dizer que esse está com a nossa cara. Não curto falar que “amadurecemos”. Prefiro acreditar que fomos muito bem cuidadosos em querer passar realmente o que as composições traziam e que isso nos engrandeceu musicalmente. Tanto na parte das letras como nos instrumentais, não queríamos desperdiçar a chance de gravar com equipamentos muito bons e um produtor experiente e inspirado que é o David Corcos. Afinal, foi a gravação da nossa vida. Ou vai ou racha… E foi.

PB: O que vocês mais ouviram e/ou leram no período de composição deste álbum?

RM: Embarcamos na música brasileira. Como você preferir chamar (MPB, Rock Brasileiro, BRock, Samba Rock, Soul BR), escutamos muito os álbuns: Acabou Chorare, Racional I e II, Fruto Proibido, Clube da Esquina, Transa, Ave Noturna, muito Legião e Barão, Paralamas, Titãs, etc. Fora isso, muito Pink Floyd, Beatles, John Frusciante, Nirvana, Queen, etc. Poxa, não lembro o livro que eu estava lendo… mas talvez fosse “Os Sonhos Não Envelhecem” do Márcio Borges.

PB: Vocês conseguem escolher uma música preferida deste novo álbum?

RM: Todas são ótimas! Acredito que são mais introspectivas que as do “Aprendendo a Mentir”, mas carregam uma sinceridade que ficou perceptível. Se você me perguntar em relação a letra, posso dizer “Sr. Coronel”. Já em relação a instrumental, curto bastante “Mar Fechado” e “O Amor Existe, Mas Não Querem Que Você Acredite”. Agora a que eu considero ter mais vibe dos 4 selvagens, é “Despedida”. Muitas lembranças da gravação me levam a crer nisso. Enfim, posso falar uma característica especial de cada uma! Isso que me deixa contente com esse disco, todas tem personalidade para estarem ali no álbum.

PB: O que os fãs podem esperar desta nova fase da banda? Deixem um recado e os convidem para ir às lojas comprar o disco:

RM: Podem esperar uma banda com 4 caras que estão n’O Caminho do Bem, na vibe, doidos pra ver a galera cantando junto nos nossos shows e curtindo com a gente! Nosso disco já está a venda em algumas livrarias e lojas como Livraria Cultura, Saraiva, Desafinado, etc. Espero que tenham gostado e esperamos vê-lo nos shows! Até mais!

Curtiu a entrevista?! É fã da banda Selvagens à Procura de Lei? Nesta sexta, os caras apresentam o show de lançamento do novo disco no Anfiteatro do Centro Cultural Dragão do Mar, em Fortaleza. Imperdível!

Postado por Thiago Moreira

Editor-Chefe do Papo de Blogueiro. Viciado em cinema, televisão, música e tudo relacionado à cultura POP. Estuda Publicidade e Propaganda nas horas vagas.