Categoria: Música
10-vezes-que-a-katy-perry-provou-ser-a-maior-hitmaker-que-voce-respeita

Ontem à noite, 6, Katy Perry foi anunciada como atração musical do Grammy Awards, que acontece neste domingo, 12 de fevereiro. Se você nos acompanha pelo Instagram, com certeza já está sabendo da novidade.

Logo após sentirmos o impacto da notícia, eis que a Billboard soltou mais uma bomba: os primeiros detalhes sobre o tão aguardado novo single da cantora. A faixa se chama “Chained to the Rhythm” e terá participação de Skip Marley, neto de Bob Marley. O lançamento já está marcado para esta sexta-feira, 10 de fevereiro.

E aproveitando o buzz do retorno, listamos 10 vezes que a cantora provou ser a maior hitmaker que você respeita. São tantos singles, que ficou até difícil fazer uma seleção. É um hit atrás do outro. Depois não se esqueça de deixar um comentário com a sua música preferida ou se achar que esquecemos de alguma que merecia figurar a lista!

1. Firework

Quem disse que a Katy Perry não tem um hino para chamar de seu? “Firework“, terceiro single do álbum Teenage Dream (2010), é um dos marcos de sua carreira, atingindo o primeiro lugar na Billboard Hot 100. Uma explosão de amor!

2. Hot n Cold

Quando Katy ainda estava só começando, já provou que seria uma hitmakerzona da porra! “Hot n Cold” foi o segundo single do álbum “One of the Boys” (2008″), figurando na primeira posição em vários países. Não pode nem começar a tocar que a gente adora!

3 Thinking Of You

O primeiro álbum pop da gata é um hinário, bicho!

4. E.T. ft. Kanye West

Mas já que é pra falar de hino, voltamos para a Era Teenage Dream, que fez de Katy Perry um grande ícone da música pop. Sua parceria com o Sr. West rendeu o quarto topo da Billboard Hot 100 para o mesmo álbum. Se isso não é poder, o que poderia ser?

5. Last Friday Night (T.G.I.F.)

O maior hino de balada que você respeita!

Geeky-Katy-Perry-Dancing-Music-Video

6. The One That Got Away

O Teenage Dream é ou não é o melhor álbum da Katinha?

7. Roar

Depois de tantos singles poderosos, o que Katy Perry preparava para o lançamento de seu 3º álbum pop de estúdio? Ela rugiu, e rugiu em alto e bom som! “Roar” chegou com tudo e, após apresentação no MTV Video Music Awards em agosto de 2013, estava mais do que provado que a cantora voltaria com tudo para as paradas. 

8. Dark Horse (Official) ft. Juicy J

Essa música fez tanto sucesso que o clipe atingiu mais de 1 bilhão de visualizações no Youtube, tornando-se o mais visto da história entre as mulheres na época. Poderosa!

9. Unconditionally

A música é incrível e o clipe não deixou por menos. A Era Prism é definitivamente a mais conceitual de Katy (até agora).

10. I Kissed A Girl

E para fechar o top 10, um retorno aos primórdios de Katy Perry. Quando uma cantora pop tem ousadia e irreverência, um single como esse não pode ser esquecido, né? 

clipe-de-loka-hit-do-carnaval-de-simone-e-simaria-com-anitta

O Carnaval está chegando se você for otimista, 49 dias nem é tanto tempo assim e é comum, nesta época do ano, o lançamento de músicas que disputarão o famoso título de “Música do Carnaval“. A dupla Simone & Simaria, as Coleguinhas mais amadas do Brasil, também entrou na disputa, e para fazer o hit mais comentado do verão, convidou ninguém menos que Anitta, um dos nomes mais famosos da atual música brasileira.

O resultado desse “popnejo” é o single “Loka“, lançado hoje, 6, nas rádios de todo o Brasil, além dos já conhecidos serviços de streaming.

A mistura, que além de trazer o sertanejo e o pop, tem a pegada cheia de energia do reggaeton, um ritmo originalmente latino que está conquistando o Brasil. Vai dizer que você não rebolou muito ao som de “Sim ou Não“, da Anitta em parceria com o colombiano Maluma? Todos nós amamos e com a nova música das Coleguinhas não vai ser diferente. É para suar na balada e descer até o chão repetindo os versos chicletes que já estão em nosso coração. Basta ouvir uma ou duas vezes para sair cantarolando o refrão: “Esquece ele e fica loka, loka, loka. Agora chora no colo da patroa, loka, loka…

Alguém dúvida que vai ser um dos hits mais tocados do verão e do Carnaval? Eu não!

Para acompanhar o lançamento do single, o clipe também foi lançado agora a pouco na internet, com direito a muitos closes, coreografia e beleza, claro. As três juntas estão maravilhosas! Como não amar? Assista:

E por falar nas Coleguinhas, olha só o recadinho que elas gravaram para o blog:

Siiim, elas não são demais? Nós adoramos! E até entendemos que a Simone tenha mandando um “site” ao invés de “beijo” pra gente, hahahah! Ela é LOKA e por isso amamos tanto. Adoramos o recadinho e só temos a agradecê-las pelo carinho.

O que você achou do lançamento de “Loka”? Deixe seu comentário e corre para decorar a letra e a coreografia. O Carnaval está chegando e temos aqui uma forte concorrente nessa disputa.

meghan-trainor-relanca-o-clipe-de-me-too-apos-criticar-o-uso-abusivo-de-photoshop-em-seu-corpo

Meghan Trainor ficou conhecida em 2014 por exaltar a beleza “acima do peso“, causando polêmica ao elogiar gordinhas e criticar “Barbies”. Mesmo que com algumas contradições, era uma novidade para a indústria fonográfica. Depois de alcançar o patamar de outras cantoras da música pop, ganhar vários prêmios e até mesmo mudar de visual (a cantora emagreceu, mas nada muito radical), ela está de volta com um novo álbum, em uma fase ainda mais confiante e empoderada.

Quem achou que ela criticou os padrões de beleza apenas para conquistar a fama, se decepcionou ao ouvir os primeiros singles deste segundo disco de estúdio. Além de praticar o empoderamento feminino em “No“, Meghan também defende o seu direito de ser quem você quiser, sem ligar para os que os outros vão pensar no single “Me Too“.

E olha que ironia do destino: foi exatamente com o clipe de “Me Too”, que tem essa mensagem super pertinente para a nossa sociedade, que a gravadora de Meghan errou a mão ao exagerar na edição, deixando a cantora muito mais magra do que realmente é. Qual a necessidade disso? Logo após o lançamento do vídeo ontem, 10, os fãs e a própria cantora perceberam os exageros no Photoshop. Em seu perfil do Snapchat, a cantora aproveitou para falar aos fãs que exigiu que o clipe fosse retirado do ar.

Eu deletei o vídeo porque eles me ‘photoshoparam’ demais. Estou cansada disso então vai ficar fora do ar até eles arrumarem”, desabafou. Em uma série de vídeos, ela também comentou sobre sua cintura, que ficou fina demais.

meghan-trainor-relanca-o-clipe

Na primeira imagem temos a versão editada, no segundo a versão oficial, com menos photoshop.

Ela fez muito bem em chamar atenção para isso. Quantas cantoras, atrizes e modelos não passam pelo mesmo todos os dias? Recentemente, a atriz Kerry Washington, da série “Scandal“, usou as redes sociais para expressar sua indignação com a equipe da revista “Adweek“, que usou tanto Photoshop em suas fotos que a tornou praticamente irreconhecível. A própria Kerry disse que se sentia infeliz por olhar para as fotos e não reconhecer o mesmo rosto que vê todos os dias de frente ao espelho. Deve ser bem complicado passar por algo assim, né? Sabemos que com os atuais padrões impostos pela sociedade, é muito difícil sentir-se bem com o próprio corpo, querer mostrá-lo ao mundo sem amarras. Quem hoje em dia é capaz de assumir seu corpo do jeito que é, sem querer mexer aqui ou ali?

Ao levar esse assunto à mídia e não deixar apenas os fãs questionando o exagero da edição, Meghan compra uma briga que é de todos nós. “Ei, esse é o meu corpo. Por que você não o aceita do jeito que ele é?“Inclusive, em um dos posts no Snapchat, Meghan revelou que estava com uma cintura ótima (independente de como estava, veja que ela aceitou seu corpo, sua cintura) na noite das filmagens e não entende porque eles (os produtores) não gostaram. Ora, muito fácil: Meghan apesar de não ter o mesmo padrão de dois anos atrás, ainda não é uma mulher magra popular de capa de revista. Para eles, a edição era necessária. Mas sabemos que isso não é correto, certo? E alguém como ela comprar briga com isso contribui para a mudança desse pensamento, mesmo que isso leve muito tempo.

Assista ao novo clipe:

O clipe continua super divertido, assim como o original, a diferença é que nesta nova versão temos a Meghan de verdade, sem efeitos especiais. Temos a Meghan que a própria Meghan se vê de frente ao espelho. E temos também coerência por colocar em prática o que se escreve na letra da canção.

O que vocês acharam disso tudo? Vamos conversar!

silva-clipe-de-feliz-e-ponto

Não tenho costume de falar sobre música brasileira aqui no blog (o que está prestes a mudar, já que ultimamente tenho ouvido mais músicas nacionais do que internacionais) mas hoje, 09, o cantor SILVA lançou o clipe de “Feliz e Ponto“, novo single do álbum “Júpiter‘, e eu não poderia de deixar de comentar sobre ele aqui com vocês.

Primeiro porque a música é uma das minhas preferidas, e não falo apenas preferida entre as gravações do SILVA, mas entre todas as músicas que me representam no momento. A letra é uma poesia, principalmente para aqueles que são livres de espírito e buscam a felicidade acima de qualquer coisa. Em segundo, o clipe é muito além do que poderíamos imaginar, conseguindo retratar fielmente a real intenção da canção: amores livres, sinceros e desprendidos. A fotografia é outro ponto marcante neste vídeo. Ela é assinada por William Sossai, o mesmo que dirige o clipe.

Assista:

Em “Feliz e Ponto“, Silva não se prendeu a rótulos. Uma característica de sua personalidade como artista. E o mais interessante é que aqui ele se mostra bem diferente daquele cantor tímido de alguns anos atrás. E a ideia do clipe ser todo filmado em uma floresta, com uma linda cachoeira ao fundo, representa também a fuga retratada no álbum “Júpiter“. Nada melhor do que um lugar paradisíaco como esse para fugir dos problemas, esquecer a timidez e todas as prendas de uma sociedade alienadora, e viver uma quente história de amor, não é?

Ainda estou sem fôlego com esse clipe! Manda mais que tá muito pouco, SILVA.

rihanna-clipe-de-needed-me

No dia que a internet brasileira repercute e transforma em memes uma matéria jornalística (?) que exalta padrões femininos como se ainda vivêssemos na década de 50, a cantora Rihanna lança na gringa o clipe (visualmente impecável) de “Needed Me”o terceiro clipe do álbum “ANTI”, fugindo de qualquer padrão imposto às mulheres pela sociedade.

Bem longe de ser apenas bela e sem qualquer cerimônia para bancar de recatada do lar, a rainha de Barbados esbanja sensualidade e confiança. Como é de costume em seus últimos trabalhos, a musa desfila com armas de fogo, envolvida com gangues, o tráfico e fuma muita maconha – o que já é quase uma marca registrada. A mulher tem uma marra que não é pouca coisa, viu?

Assista:

Será que o clipe vai repetir o mesmo sucesso de “Work” e “Kiss it Better“? A música já entrou na 33ª posição da Billboard Hot 100 e o clipe vai contribuir em visualizações, podendo levantar sua posição no ranking.

O que vocês acharam do clipe? A mulher tem O poder. <3

rihanna-lanca-clipe-minimalista-para-kiss-it-better-novo-single-do-album-anti

Rihanna vive uma fase diferente em sua carreira. O novo álbum, “ANTi“, apresenta uma proposta totalmente nova, diferenciando-se de todos os seus trabalhos e acabou gerando ainda mais discussões entre os fãs e a crítica especializada. Muitos aprovaram, outros nem tanto. Mas as vendas vão muito bem. E as posições nos charts também.

Só para ter uma ideia, o single “Work“, lançado em parceria com o rapper Drake, ficou em primeiro lugar Billboard Hot 100 pela sexta semana consecutiva. E essa é só uma das conquistas do disco: em seu lançamento, foram nada mais nada menos que 13 milhões de reproduções nas primeiras 14 horas. Então já viu poder ela tem de sobra, né? Pode se dar ao luxo de arriscar mesmo!

Para dar continuidade ao trabalho de divulgação do “ANTi“, a rainha de Barbados anunciou nesta semana o lançamento de dois singles: “Kiss it Better” e “Needed Me“.

E para começar, lançou hoje, 31, o clipe da primeira música. Dirigido pelo fotógrafo Craig McDean, o vídeo tem uma pegada conceitual, apostando na sensualidade de Rihanna. Nada muito diferente de tudo que vimos nesta nova era. A diferença para “Work” é que agora temos algo mais intimista, mas tão sexy quanto. Lembra um pouco também o clipe de “Rocket“, da Beyoncé.

Assista:

Agora vamos ficar na expectativa pelo lançamento do clipe de “Needed Me“. Espero que não demore muito, não é? Vem que nós estamos sempre prontos para você, Riri!

12345... 75»